Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Preso, Temer é alvo de dez investigações. Veja todas as acusações contra o ex-presidente

Preso, Temer é alvo de dez investigações. Veja todas as acusações contra o ex-presidente

Congresso em FocoSegundo ex-presidente da República preso por corrupção no...

STJ acolhe recurso e João de Deus será transferido para hospital de Goiânia

STJ acolhe recurso e João de Deus será transferido para hospital de Goiânia

João de Deus será transferido para o Instituto de Neurologia de Goiânia ou outro hospital...

Dono do Manaíra Shopping é preso na 3ª fase da ‘Operação Xeque-Mate’ em JP

Dono do Manaíra Shopping é preso na 3ª fase da ‘Operação Xeque-Mate’ em JP

A Polícia Federal na Paraíba e o GAECO/MP/PB, com o auxílio da Controladoria-Geral da...

FUNDAÇÃO LEMANN REALIZA PRIMEIRA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM PRINCESA ISABEL

FUNDAÇÃO LEMANN REALIZA PRIMEIRA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM PRINCESA ISABEL

Representantes da Fundação Lemann desembarcaram em Princesa Isabel nesta...

Tabira: motoristas reclamam do trânsito e ameaçam protesto

Tabira: motoristas reclamam do trânsito e ameaçam protesto

Por Nill JúniorNada contra o disciplinamento do trânsito. Tudo contra o que...

 

Do MaisPB

O prefeito de Bayeux, Berg Lima, tomou um chá de cadeira do prefeito interino, Mauri Batista, conhecido como Noquinha. Após o Tribunal de Justiça determinar a posse do gestor, Berg foi logo cedo para a Prefeitura acompanhado de advogados e oficiais de justiça, mas Noquinha só chegou no final da manhã para transferir o cargo.

Berg Lima reassumiu o comando da Prefeitura de Bayeux no final da manhã desta quarta-feira (19). Na porta de Prefeitura, não houve protestos e o clima na chegada do gestor era de tranquilidade. Com camisas da cor azul, alguns apoiadores de Berg o aguardavam. Antes mesmo do prefeito chegar, Noquinha já havia sido notificado pelo oficial de Justiça, que também estava no local.

Entenda:

O Tribunal de Justiça da Paraíba determinou, em uma decisão liminar nesta terça-feira (18), o retorno imediato de Berg Lima ao cargo de prefeito da cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa. A decisão foi do desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque.

Na última semana, o Superior Tribunal de Justiça já havia decidido pelo retorno de Berg Lima ao cargo de prefeito, mas uma decisão da Justiça de Bayeux, que afastava Berg pela prática de improbidade administrativa, impedia que ele retomasse o cargo. Berg Lima deve reassumir a prefeitura logo depois que a Câmara Municipal for notificada da nova decisão judicial, ainda nesta quarta-feira.

Na decisão, o desembargador Marcos Cavalcanti esclareceu que o mérito do processo ainda deverá ser julgado, mesmo após a decisão tomada nesta terça. As medidas cautelares que haviam sido impostas pelo TJPB, em julho do ano passado, também foram suspensas.

Berg Lima foi preso em 5 de julho de 2017, em ação do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB). Ele foi flagrado, em vídeo, pela prática de concussão após receber R$ 3,5 mil de um empresário fornecedor da prefeitura de Bayeux. O pagamento seria para o então prefeito liberar ao empresário o crédito de R$ 77 mil, referente a um contrato celebrado na gestão anterior.

Ele foi afastado do mandato no mesmo dia em que foi preso. Em novembro do ano passado, Berg Lima foi solto, após julgamento de um habeas corpus no STJ, mas continou fora da administração municipal, por conta de medidas cautelares.

A ação de improbidade que afastou Berg Lima teve a sentença divulgada em setembro. Assim como o processo criminal, ela também tem por base o vídeo em que o prefeito aparece recebendo dinheiro. A decisão do juiz Francisco Antunes Batista, da 4ª Vara Mista de Bayeux, determinou a perda do mandato de Berg, mas a defesa está recorrendo.

Com Berg fora do comando, quem assumiu a prefeitura de Bayeux foi o vice-prefeito, Luiz Antônio. No entanto, meses depois ele foi cassado pela Câmara Municipal da cidade após a divulgação de um vídeo em que aparecia pedindo dinheiro a um empresário para divulgar um vídeo que prejudicaria Berg Lima.

Sem Berg e sem o vice, Luiz Antônio, quem assumiu o cargo de prefeito interino foi o presidente da Câmara de Bayeux, Mauri Batista, conhecido como Noquinha.