Destaque

Deputado federal Dr. Damião participa de inaugurações de obras em Tavares e é apresentado pelo prefeito Coco como novo parceiro do município

O deputado federal Damião Feliciano (Dr. Damião) esteve presente na...
Leia mais
Destaque

Tavarenses e personalidades da região recebem convite para prestigiar o Esquenta São João 2024, em Tavares/PB

As festividades do Esquenta São João 2024 em Tavares, PB,...
Leia mais
Destaque

Prefeito Tom inaugura Posto de Saúde no Sítio Glória

Na manhã desta quinta-feira (23/05/2024), o Prefeito Tom esteve no...
Leia mais
Destaque

PRINCESA ISABEL: HRPI realiza procedimentos cirúrgicos com o médico Dr. Carlos Antônio

Sob a condução do cirurgião geral Dr. Carlos Antônio, o...
Leia mais

Operação apreende R$ 50 milhões do crime organizado

Uma operação conjunta da Receita Federal, Polícia Civil e Polícia Federal, nesta sexta-feira (9), resultou em diversas apreensões simultâneas no Porto de Itaguaí, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, e nos portos secos de Nova Iguaçu e Resende.

As apreensões são decorrentes de trocas de informações de inteligência entre a Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal, a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core) e a Polícia Federal.

De acordo com a Receita Federal, em vários contêineres vistoriados  foram apreendidos mais de 60 mil aparelhos de tv box, utilizados para acessar canais de televisão burlando os serviços oficiais dos produtores, em violação a direitos autorais, crime contra a propriedade imaterial e contrabando. “A apreensão já representa um prejuízo superior a R$ 50 milhões ao crime organizado, especificamente a grupos de milicianos que se dedicam ao contrabando e a essa modalidade criminosa”, disse a Receita.

De acordo com a Receita Federal, é a maior apreensão da história do país em relação a aparelhos de tv box. 

Após os procedimentos administrativos da Receita Federal, todas as informações serão direcionadas para que a Polícia Federal dê prosseguimento às investigações na apuração de crimes de competência da Justiça Federal. Agência Brasil

Deixe um comentário