Destaque

TCE-PB aprova contas de 2022 da Prefeitura de Princesa Isabel; já são seis aprovadas

Com a aprovação das contas referentes ao ano de 2022...
Leia mais
Destaque

SÃO FRANCISCO: Prefeitura de Princesa retoma calçamento da Rua Zacarias Sidônio

A prefeitura de Princesa, no Sertão da Paraíba, retomou as...
Leia mais
Destaque

Depois de ajuda de Neymar, Daniel Alves vai receber fortuna milionária de importante órgão espanhol, mesmo condenado por estupro

A condenação de Daniel Alves por estupro ainda segue gerando polêmica na...
Leia mais
Destaque

Prefeitura de Serra Talhada esclarece que ônibus envolvido em acidente é de responsabilidade da GRE

Nota Oficial: A cidade de Serra Talhada expressa profundo pesar...
Leia mais

Seminarista é investigado por comprar conteúdo pornográfico de garoto do RS

Por Wallison Bezerra

A Polícia Civil descobriu que um seminarista de João Pessoa, lotado no Seminário Arquidiocesano, estava comprando fotos e vídeos de cunho pornográfico de um garoto de 17 anos de Pelotas, no Rio Grande Sul. O religioso foi alvo de um mandado de busca e apreensão cumprido por agentes da Paraíba nesta quarta-feira (06).

Segundo apurou o Blog Wallison Bezerra, os investigadores constataram que o conteúdo sexual da menor era vendido e adquirido através da internet. A investigação teve início após os pais do menor denunciarem o caso à polícia. No momento do cumprimento do mandado judicial, a Polícia não encontrou nenhum indício que pudesse resultar na prisão em flagrante do seminarista.

Mesmo assim, todo material foi recolhido e levado para uma perícia que poderá detalhar, por exemplo, se as mídias foram excluídas. Foram apreendidos: um celular e um notebook do investigado.

O que diz a Polícia Civil

“A Polícia Civil da Paraíba, em apoio a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, deu cumprimento na manhã de hoje a um mandado de busca e apreensão de aparelhos eletrônicos no Seminário Arquidiocesano da Paraíba Imaculada Conceição, em desfavor de um seminarista, fundamento em investigações daquele Estado”.

O que diz o Seminário Arquidiocesano 

“O Seminário Arquidiocesano da Paraíba, considerando as matérias veiculadas nos meios de comunicação, esclarece que, na manhã de hoje, dia 06 de dezembro, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, em sua sede, de equipamentos eletrônicos de propriedade particular de um dos seus residentes seminaristas. Apesar de, na ocasião não ter sido detectado nenhuma materialidade delitiva, os equipamentos foram encaminhados à perícia e a coordenação do Seminário, pondo-se em plena colaboração com a justiça, acompanhará as investigações que têm seu curso no Rio Grande do Sul”.

Deixe um comentário