Destaque

Sob forte comoção, corpos das vítimas de acidente entre van de estudantes e trator são enterrados no Sertão da PB

Os corpos das duas vítimas do acidente envolvendo uma van...
Leia mais
Destaque

Água Branca: Secretaria de Educação realiza formação para profissionais de apoio e cuidadores educacionais

Sabemos que a inclusão educacional constitui a prática mais recente...
Leia mais
Destaque

Ricardo, Ana Paula e Garrancho participam do Bett Brasil 2024 em São Paulo

| Com o tema “Inovação com propósito”, o Bett Brasil...
Leia mais
Destaque

Napoleão Laureano inicia bazar de telefones, perfumes e eletros

O Hospital Napoleão Laureano realiza a partir desta terça-feira (23)...
Leia mais

Ato pró Bolsonaro reúne Marcelo Queiroga e Cabo Gilberto, adversários em João Pessoa

O ato realizado neste domingo (25) à tarde na Avenida Paulista em prol do ex-presidente Jair Bolsonaro conseguiu juntar dois filiados do PL que vêm discutindo e em campos opostos há meses: o pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Marcelo Queiroga e o deputado federal Cabo Gilberto. Ambos posaram para fotos e o médico postou o registro com a legenda: “A Paraíba presente na Paulista”. Gilberto, contudo, não compartilhou o registro. Ele publicou na rede social fotos com Jair e Michelle Bolsonaro, com os governadores Ronaldo Caiado (Goiás) e de São Paulo, Tarcísio de Freitas, entre outros.

A divergência entre Cabo Gilberto e Marcelo Queiroga começou quando o ex-ministro da Saúde foi indicado pelo PL para disputar a prefeitura de João Pessoa com o apoio do ex-presidente Bolsonaro. Gilberto defendia que o partido referendasse o nome do comunicador Nilvan Ferreira.

Na semana passada, contudo, Nilvan anunciou que será candidato a prefeito de Santa Rita.

O ato de apoio a Bolsonaro reuniu 750 mil pessoas, segundo disse o secretário de Segurança de São Paulo, o bolsonarista Guilherme Derrite.

Já o grupo da USP Monitor do Debate Político no Meio Digital estimou em 185 mil pessoas o público presente no pico da manifestação, às 15h. Para o cálculo, foi utilizada metodologia que conta o número de cabeças em imagens ao longo de toda a avenida, sem sobreposição. *Com ParlamentoPB 

Deixe um comentário