Destaque

Água Branca: Prefeito Tom entrega novos veículos para reforçar a frota municipal

Na manhã deste sábado, 25 de maio, a cidade de...
Leia mais
Destaque

Deputado federal Dr. Damião participa de inaugurações de obras em Tavares e é apresentado pelo prefeito Coco como novo parceiro do município

O deputado federal Damião Feliciano (Dr. Damião) esteve presente na...
Leia mais
Destaque

Tavarenses e personalidades da região recebem convite para prestigiar o Esquenta São João 2024, em Tavares/PB

As festividades do Esquenta São João 2024 em Tavares, PB,...
Leia mais
Destaque

Prefeito Tom inaugura Posto de Saúde no Sítio Glória

Na manhã desta quinta-feira (23/05/2024), o Prefeito Tom esteve no...
Leia mais
IMG-20230830-WA0029
IMG-20230830-WA0028
IMG-20230830-WA0030
Slide
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

Carreta desgovernada invade casa no centro de Flores; duas pessoas ficam feridas

Policiais Militares do 14° BPM foram solicitados para averiguar informações da existência de um acidente de trânsito. 

Chegando ao local, Rua Benjamin Constante, Centro, Flores – PE, foi constatado a veracidade da denúncia, onde uma Scania de cor vermelha e placa MYL 1268, estava parada, descarregando farelo de trigo, quando começou a descer, vindo a bater na residência das vitimas, causando danos. 

A vítima de identidade não revelada sofreu escoriações leves, como também o condutor que estava na cabine do veículo, sendo socorrido para o hospital local. 

Foi confeccionado o boletim de ocorrência e entregue na Delegacia de Polícia para providencias julgadas cabíveis.

Mais Pajeú

Poder e Notícia: Em entrevista, Luiz Galvão garante gestão eficiente em meio à crise

O programa Poder e Notícia da Princesa FM 92.5 recebeu no sábado dia 15 de agosto o Prefeito da cidade de Juru – PB, Luiz Galvão (Cidadania).

O gestor que está no segundo mandato, tratou da administração e dos desafios que precisam ser vencidos, como por exemplo, o enfrentamento dos efeitos da pandemia provocados pela COVID – 19. Juru já ultrapassou a casa dos 100 infectados.

Mesmo em meio à crise sanitária o prefeito disse que as obras não pararam, entre as mais importantes, estão aquelas que garantem qualidade de vida aos juruenses, como acesso a água para consumo humano, kits de higiene, medicação para combater os sintomas causados pelo coronavírus, barreiras sanitárias, campanhas educativas de convivência no novo normal, assistência médica nas unidades básicas do município, aumento da testagem na população local e o pagamento em dia da folha dos servidores da prefeitura, garantindo o aquecimento do comércio.

Mesmo com dificuldades recorrentes devido a falta de recursos, foram feitas melhorias nas estradas de todas as áreas rurais, construção de vários poços artesianos, ampliação de açudes, bem como, a manutenção da operação carro pipa que garantiu água potável para às comunidades mais distantes.

O Ginásio de Esportes de Juru está praticamente pronto, e será entregue a população nos próximos dias, além de outras inaugurações que estão previstas para acontecer, revelou Luiz Galvão ao âncora do programa Júnior Duarte.

O prefeito encerrou a entrevista agradecendo ao governador João Azevedo e aos deputados votados no município, que alocaram verbas para execução de obras estruturantes na cidade, como o asfaltamento das principais avenidas.

Fonte: Poder e Notícia

Gilmar Mendes revoga ordem de prisão preventiva e mantém Queiroz e mulher em prisão domiciliar

Por Ricardo Brito
BRASÍLIA (Reuters) – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu nesta sexta-feira revogar uma ordem de prisão preventiva contra Fabrício Queiroz determinada na véspera e manteve o ex-assessor do ex-deputado estadual e atual senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) em prisão domiciliar.
 
A decisão de Mendes, divulgada na noite de sexta e que cassou a decisão do ministro Félix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), estende-se à mulher de Queiroz, Márcia Aguiar.
 
Queiroz, a mulher e Flávio Bolsonaro, filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro, são investigados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro sobre um suposto esquema de desvio de recursos de servidores da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, conhecido como “rachadinha”, quando o atual senador era deputado estadual.
 
Mendes determinou ao ex-assessor e à esposa dele usar tornozeleira eletrônica e os proibiu de entrar em contato com investigados e de sair do país.
 
Ao atender pedido da defesa do casal, o ministro do STF disse que a decisão anterior “parece padecer de ilegalidade” por não ter avaliado a conveniência de se adotar “outras medidas cautelares diversas da prisão menos invasivas e até mais adequadas para garantir a regularidade da instrução penal”.
 
O magistrado afirmou que havia um “lapso temporal” entre a ordem de prisão preventiva do casal em junho de 2020 e os fatos relacionados para detê-los, concentrados em 2018 e 2019. Também não haveria, segundo ele, elementos que indicam uma influência com tentativas reais de obstruir as investigações.
 
Mendes destacou ainda o grave quadro de saúde de Queiroz, citando o diagnóstico de um câncer no intestino, uma cirurgia em janeiro de 2019 e a indicação de acompanhar e monitorar o caso por pelo menos cinco anos. Ponderou que se está em meio a uma pandemia de novo coronavírus e citou o “trágico exemplo” do ex-deputado Nelson Meurer –condenado na operação Lava Jato– que morreu numa penitenciária paranaense vítima de Covid-19.
 
“Portanto, diante da situação de calamidade e a necessidade de atuação urgente deste Supremo Tribunal Federal, penso que a medida adequada e razoável é o reforço da nossa própria jurisprudência garantista e humanista”, decidiu.
 
Em nota, a defesa do casal se disse satisfeita com a decisão de Mendes. “Ressaltamos que restou extensamente documentada nos autos a ausência dos requisitos legais para a prisão e, ainda, que o risco à saúde de ambos é real e atual. Além disso, a prisão domiciliar se mostrou perfeitamente adequada para acautelar as investigações”, disse.
 
“A defesa está e permanecerá empenhada em reverter a prisão”, reforçou.
 
O chamado caso Queiroz é um dos mais delicados para a família do presidente Jair Bolsonaro, que o tinha como amigo próximo do presidente e dos filhos.
 
Queiroz foi preso preventivamente em junho na casa do advogado Frederick Wassef –que defendia Flávio e já atuou para o presidente– em Atibaia, no interior de São Paulo, e ficou detido por três semanas no complexo de Bangu até que presidente do STJ, João Otávio Noronha, lhe concedesse prisão domiciliar. A esposa de Queiroz, que estava foragida desde a prisão do marido, também recebeu o benefício de prisão domiciliar.
 
Essa decisão de Noronha foi derrubada na quinta por Félix Fischer, mas –antes de o casal retornar para a prisão preventiva– revertida agora por Gilmar Mendes.
 
Na semana passada, reportagens na imprensa apontaram, com base na quebra de sigilo do ex-assessor, que Queiroz depositou 72 mil reais em cheques na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro entre 2011 e 2018, período em que é suspeito de operar o esquema de “rachadinha” no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
 
O Palácio do Planalto não se pronunciou sobre esse repasse e o presidente tem se mantido em silêncio desde a primeira detenção de Queiroz em junho.
 
(Reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier)

Todos os 223 municípios paraibanos confirmam casos de Covid-19

Todos os 223 municípios paraibanos possuem casos de Covid-19 confirmados. Isso é o que aponta o Informe Epidemiológico dos casos confirmados de coronavírus divulgado ontem (14). O Informe é produzido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde.

“Era esperada a chegada do novo coronavírus em todas as cidades do estado. A positividade de casos nos 223 municípios é uma consequência da expansão e interiorização que temos observado da doença”, disse a gerente da Vigilância em Saúde, Talita Tavares.

Talita lembrou ainda sobre a importância do acompanhamento dos casos no interior. “Um ponto prioritário é acompanharmos a evolução da doença no interior do estado, principalmente o comportamento do agravo com a retomada das atividades em várias regiões”, observou.

De acordo com o Informe desta sexta (14), são 94.660 casos confirmados, em todo estado, 2.113 óbitos e 50.326 casos recuperados. As cidades com os maiores números de casos confirmados e óbitos, por macrorregião, são: João Pessoa, com 24.182 casos confirmados e 751 óbitos (primeira macro); Campina Grande, com 11.640 casos confirmados e 253 óbitos (segunda macro) e Patos, com 3.223 casos confirmados e 73 óbitos (terceira macro).

Entre os casos confirmados, 55% são em mulheres (52 mil) e, entre os casos mais graves, os homens lideram com 55% (2.772).

Entre os fatores de risco mais comuns, diabetes aparece em primeiro lugar; em seguida, a hipertensão arterial e, em terceiro, as cardiopatias.

Desde o início da pandemia, até agora, foram aplicados 275 mil 724 testes, entre o PCR e os testes rápidos.

Secom-PB

TAVARES: Pré-candidato a vereador pela oposição desiste da disputa e anuncia apoio a pré-candidatura de Coco de Odálio e Adão Luiz

O pré-candidato a vereador pelo grupo de oposição em Tavares, no Sertão da Paraíba, Hélio Mendes, popularmente conhecido por “Zito Cambista”, tomou novo rumo e declarou apoio ao grupo da situação, que tem como pré-candidato a prefeito o empresário, Genildo José da Silva – Coco de Odálio.

O anúncio foi feito na noite desta sexta-feira, dia 14 de agosto. Na oportunidade, “Zito” também anunciou que desistiu de disputar uma vaga no parlamento municipal e irá apoiar, além de Coco de Odálio, o pré-candidato a vereador Adão Luiz – Dão de João de Cosme.

No pleito de 2016, Zito concorreu a uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores, porém, não conseguiu se eleger, ficando na suplência, agora, o Cambista se reuniu com toda família, e decidiram aderir ao grupo da Situação.

“É com muita alegria que acolhemos a adesão do Pré-candidato a vereador da oposição, Zito Cambista. Seja muito bem vindo meu amigo com sua família. Vamos juntos a vitória. Assim tem sido nossos dias com adesões e pessoas confirmando seu apoio. Um abraço a todos.” Disse Coco de Odálio através de postagem no fecebook

“Quero agradecer o apoio do suplente de vereador Zito Cambista e de sua família a minha pré-candidatura a vereador, juntos seguiremos rumo à vitória!” Agradece Dão de João de Cosme

Hugo Motta confirma empenho de R$ 2 milhões para asfaltamento das principais avenidas de Princesa Isabel

Por Duarte Lima

Ricardo Pereira prevê iniciar as obras em breve, após a licitação do projeto

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (Cidadania), divulgou, no início da noite desta sexta-feira (14), nas redes sociais, vídeo em que o deputado federal Hugo Motta (PRB) confirma o empenho, na data de hoje, de uma verba federal no valor de R$ 2 milhões para execução de asfaltamento das principais avenidas de acesso à cidade.

 

“É com muita alegria que eu anuncio o empenho dos recursos”, destacou o parlamentar, autor da emenda que assegurou os valores para as obras de infraestrutura urbana.

Hugo Motta afirmou ainda que os recursos já estão garantidos no Ministério do Desenvolvimento Regional e na Caixa Econômica Federal, acrescentando que a Prefeitura deverá elaborar o projeto, licitar as obras e iniciar os serviços.

Ricardo Pereira destacou a parceria com o deputado que, por sua vez, reafirmou seu compromisso com a população princesense.

 

RP_Facebook

TAVARES: Boletim confirma 112 casos da Covid-19 no município

A Prefeitura de Tavares, no Sertão da PB, através da Secretária Municipal de Saúde, 

informou nesta sexta-feira,14/08, por meio do Boletim Epidemiológico, que o município contabiliza 112 casos confirmados do novo coronavirus (Covid-19). 

Informa ainda, que destes 76 já estão recuperados; 34 casos ativos em tratamento domiciliar, 02 óbitos, 150 descartados, 27 em investigação, ainda 70 tavarenses notificados em outros municípios, 14 casos confirmados com coronavírus, mas não residente em Tavares.

Segue também o mapa dos casos confirmados por rua.

Ascom – PMT

TAVARES: Boletim Epidemiológico confirma 106 casos de Covid-19 no município

Boletim Epidemiológico do dia 13 de agosto (quinta-feira).

A Prefeitura de Tavares, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria Municipal de Saúde, informou nesta quinta-feira (13/08), que o município já contabiliza 106 casos confirmados de Covid-91.

Informa ainda, que destes 63 casos já estão recuperados; 41 casos ativos em tratamento domiciliar, 02 óbitos, 146 descartados, 30 em investigação, ainda 70 tavarenses notificados em outros municípios, 14 casos confirmados com coronavírus, mas não residente em Tavares.

Também Informa que o mapa dos casos confirmados será divulgado uma vez na semana. Ascom – PMT

A imagem pode conter: texto que diz "VID-19 NOVO CORONAVÍRUS BOLETIM CIDADE 13.08.20 106 TAVARES CASOS CONFIRMADOS 63 RECUPERADOS CASOS SUSPEITOS 30 LABORA ÓBITOS 02 TIVERAM ICAÇÕES 146 IERAMA CASOS DESCARTADOS DOSAEXAMES 41 PESSOAS PORTADORES NEGATIVO ISOLAMENTO COVID QUEESTĂ 14 03 TAVARES PROFISSI IRMADOS SAÚDE PESSOAS MUNICIPIO 70 IFICADAS 180 PROFISSION TESTADOS/ SAUDE SECRETARIAMUNICIPALDE M- SAUDE TAVARES.PB.GOV.BR TAVARES OTRABALHONAOPARA!"

Gás de cozinha tem novo aumento a partir de segunda-feira (17), na Paraíba

Os preços do Gás Liquefeito do Petróleo (GLP), mais usado nas residências em botijões de 13 quilos, terá um aumento médio de 5% a partir da próxima segunda-feira (17), na Paraíba. O aumento foi anunciado nesta quinta-feira (13). Este é o quinto reajuste de preços do produto nas refinarias da Petrobras, válido também para o produto consumido nas indústrias e comércio.

De acordo com Marcos Antônio, presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba (Sinregás), o aumento na Paraíba vai ser de, em média, R$ 3. O preço do botijão de gás vai passar a custar entre R$ 78 e R$ 85 reais, dependendo da modalidade de compra.

Ainda conforme Marcos Antônio, a recomendação é sempre fazer uma pesquisa de preço e pedir nota fiscal. Ele detalhou que um novo aumento deve ocorrer ainda no mês de agosto.

Fonte G1 PB

Oposição vai ao STF contra privatizações na Caixa

Seis partidos de oposição (PT, PSB, PDT, Psol, PCdoB e Rede) entraram com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contestando a medida provisória (MP 995/2020) que
permite o desmembramento e a privatização de subsidiárias da Caixa Econômica Federal.

A medida foi editada na última sexta-feira (7) e já recebeu mais de 400 emendas dos parlamentares.

A oposição alega que o presidente Jair Bolsonaro tenta driblar, com a MP, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a venda de estatais deve ser analisada pelo Congresso caso a caso. “O artifício do fatiamento engendrado pelo Poder Executivo visando a burla da decisão do STF e da necessária autorização legislativa acaba por depreciar a empresa, prejudicando seu valor de mercado. O que interessa, ao fim e ao cabo, é a privatização a qualquer custo”, diz o texto.

Os partidos afirmam que a medida provoca o “esquartejamento da empresa pública e a privatização ilegal e imoral da maior parte dos ativos da Caixa Econômica Federal (os mais rentáveis), ficando com a sociedade brasileira, apenas funções que não interessam para o mercado”.

Os oposicionistas pedem liminar para suspender os efeitos da MP e que o Supremo reconheça a inconstitucionalidade da medida.

Veja a íntegra da ação:

Congresso em Foco