Destaque

Padrasto que engravidou enteada é preso suspeito de tentar estuprar mesma vítima

A Polícia Civil através do GTE (Grupo Tático Especial), de...
Leia mais
Destaque

Lula afirma que PL que equipara aborto a homicídio é uma ‘insanidade’

Após dias de silêncio, o presidente Luiz Inácio Lula da...
Leia mais
Destaque

Prefeitura de Boa Ventura divulga nota sobre auditoria do TCE no município que arrombou cofre

A Prefeitura de Boa Ventura (PB) divulgou uma nota de...
Leia mais
Destaque

Supremo julga nesta semana denúncia do caso Marielle

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar...
Leia mais
IMG-20230830-WA0029
IMG-20230830-WA0028
IMG-20230830-WA0030
Slide
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

Padrasto que engravidou enteada é preso suspeito de tentar estuprar mesma vítima

A Polícia Civil através do GTE (Grupo Tático Especial), de Itaporanga/PB, prendeu em flagrante, na última sexta-feira (14), na zona rural de Pedra Branca, um indivíduo de 49 anos acusado de tentar abusar sexualmente de sua enteada de 32 anos, que é deficiente de audição e de fala.

O autor já havia sido preso e condenado no ano de 2018 por estuprar a mesma enteada, com quem teve uma filha, que hoje tem 6 anos. Ele saiu da prisão no começo do ano após passar seis anos em regime fechado.

Após sair da cadeia passou a morar novamente com a mãe da vítima e ela. A mãe desconfiou que a filha estava chorando muito nos últimos dias e, na última quinta-feira (13), , escutou ela, apesar da dificuldade de fala, gritando dentro de um quarto onde estava sozinha com o investigado.

Ao se dirigir ao cômodo, o homem saiu. A mãe percebeu sua filha chorando muito e sem querer se comunicar para explicar o que havia acontecido. Diante disto, não dormiram mais na mesma casa com o investigado. Um familiar procurou a Polícia Civil para denunciar os fatos.

Imediatamente uma equipe foi deslocada e efetuou a prisão em flagrante. Ele foi apresentado na audiência de custódia, ocasião em que foi decretada a sua prisão preventiva, sendo encaminhado novamente para a cadeia de Itaporanga.

Com MaisPB

Mais de 149 mil pessoas na Paraíba se inscrevem para o Enem 2024

Mais de 149 mil pessoas na Paraíba se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024. Ao todo no país foram registrados pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) as inscrições de 5.055.699 candidatos. Na Paraíba, foram 149.663 registros. Os dados foram divulgados pelo Inep nesta sexta-feira (15).

Os números dos inscritos podem sofrer alteração porque quem se inscreveu sem isenção tem até a próxima quarta-feira (19) para a compensação dos pagamentos efetuados, segundo o Inep.

Em âmbito nacional, os dados também devem sofrer alteração porque os moradores do Rio Grande do Sul têm deste domingo (16) até o dia 21 de junho para realizar a inscrição para o Enem 2024.

Até esta sexta-feira (15), mais da metade dos inscritos, que corresponde a 2.731.757, não vai precisar pagar a taxa porque garantiu a aprovação da isenção da taxa de inscrição.

O número de inscritos que está cursando a última série do Ensino Médio chegou a 1.655.721, sendo 1.330.364 com direito à isenção e outras 325.357 inscrições que deverão ser pagas.

As inscrições foram realizadas, exclusivamente, pela Página do Participante foram encerradas às 23h59 desta sexta-feira (15). As provas devem ser aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

Avaliação de desempenho

O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, o Enem tornou-se a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni). Redação com Portal T5

Lula afirma que PL que equipara aborto a homicídio é uma ‘insanidade’

Após dias de silêncio, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se pronunciou, neste sábado (15/6), sobre o Projeto de Lei nº 1.904/24, que equipara o aborto ao crime de homicídio. Para o petista, é uma “insanidade” punir a vítima com pena maior que a do criminoso.

“Eu sou contra o aborto. Entretanto, como o aborto é a realidade, a gente precisa tratar o aborto como questão de saúde pública. Eu acho que é insanidade alguém querer punir uma mulher numa pena maior do que o criminoso que fez o estupro. É no mínimo uma insanidade isso”, frisou Lula.

Esta é a primeira declaração do presidente sobre o PL do Aborto. Isso porque, na quarta-feira (12/6), a Câmara dos Deputados aprovou, “às escuras”, o requerimento de urgência do texto que equipara o aborto em fetos com mais de 22 semanas ao crime de homicídio simples.

Lula falou com jornalistas após encerrar os compromissos na Itália, onde participou da reunião do G7, grupo que reúne as maiores economias do mundo: Estados Unidos (EUA), Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Itália e Japão. Além disso, marcou presença na conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT), realizada na Suíça. Com Resumo PB 

Prefeitura de Boa Ventura divulga nota sobre auditoria do TCE no município que arrombou cofre

A Prefeitura de Boa Ventura (PB) divulgou uma nota de esclarecimento na última quinta-feira (13/06) sobre a auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) na quarta-feira (12). 

Confira na íntegra:

A Prefeitura Municipal de Boa Ventura – PB, em RESPEITO aos Órgãos de Fiscalização e Controle, aos cidadãos boaventureses e a imprensa paraibana, vem a público esclarecer:

• Em razão de compromissos, institucionais (Sebrae Neon), políticos (encontro republicanos 10 João Pessoa), e pessoais (consultas e exames médicos seus e de familiares), a Prefeita Talita Lopes encontrava-se, na capital paraibana desde o dia 06/06, com agenda pré definida, que inclusive se estenderia até a quinta feira (13/06), com retorno ao sertão para participação, a convite da Prefeitura Municipal de Piancó, da tradicional Missa de Santo Antônio. Razões pelas quais no momento da inspeção do TCE PB, dias 11 e 12/06 não se encontrava no município de Boa Ventura;

• ⁠Que a gestora municipal, ao saber por terceiros da realização da auditoria ANTECIPOU retorno ao município, para auxiliar e dar transparência, no que for preciso, e como sempre fez, todas as vezes que o TCE-PB, manifestou necessidade de informações e esclarecimentos, porque nunca teve e não tem nada a esconder;

• ⁠Que o município de Boa Ventura não recebeu nenhuma Intimação/Notificação Oficial prévia ou mesmo durante a inspeção in loco do Tribunal de Contas, da Justiça, ou por parte do MPPB;

• ⁠Que todas as vezes em que foi previamente notificado ou pelo menos notificado, o Município de Boa Ventura COLABOROU com a transparência pública, e agiu em parceria com os órgãos de controle;

• ⁠A ausência desta habitual notificação prévia inviabilizou a presença, por exemplo, do Secretário de Finanças do Município, que também estava em viagem, antecipadamente marcada;

• ⁠Que o Município de Boa Ventura, desde a última inspeção do TCE, que ocorreu no exercício de 2022, não deixa numerários guardados na sede da Secretaria de Finanças, em razão dos riscos decorrentes da ampla divulgação em blogs e sites que foi veiculada naquela oportunidade;

• ⁠ ⁠Que o cofre identificado pelos auditores na Secretaria de Finanças, jamais foi utilizado por esta Gestão, que todos os documentos ali armazenados dizem respeito a gestões pretéritas, anteriores a 2013, e que o TCE PB desde a inspeção que ocorreu em 2022 já tinha conhecimento que o cofre não era utilizado;

• ⁠Que no momento que soube da auditoria, mesmo em João Pessoa, a gestora municipal enviou representantes legais à sede do TCE-PB, para se inteirar dos fatos e esclarecer qualquer dúvida do Tribunal, e informar que diversas salas da sede do prédio Municipal havia sido lacrado pela auditoria, impedindo o funcionamento da máquina pública;

• ⁠Que o valor em dinheiro, apontado pelo Tribunal de Contas, como razão da auditoria na cidade de Boa Ventura, foi informado pela Prefeitura através do Sagres e consta de seus balancetes, não havendo razão para não disponibilizar informações e acesso aos recursos do “caixa (disponibilidades em espécie)”;

• ⁠Que ao chegar ao município, na noite de 12/06/2024, a Prefeitura estava fechada, e não havia presença de Auditores do TCE PB, ou de representante do MPPB;

• ⁠Que os recursos registrados e devidamente informados ao TCE pela Prefeitura via Sagres sempre estiveram seguros e devidamente protegidos em prédio público, sob a guarda e responsabilidade da Prefeita;

• ⁠Que a prefeita Talita Lopes, valoriza e reconhece o dever de fiscalização do Tribunal de Contas, e antecipa, que a seus advogados já estão, de forma SEGURA e OBJETIVA, comprovando todas essas informações junto ao TCE-PB, para que a verdade prevaleça, sem que hajam mais prejuízos ao funcionamento da máquina pública; à reputação dos gestores Municipais; e principalmente, ao povo de Boa Ventura, que conhece de perto a reputação e legado de lisura da gestora Municipal.

Boa Ventura, 13 de junho de 2024.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VENTURA – PB

Assessoria

Supremo julga nesta semana denúncia do caso Marielle

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar na próxima terça-feira (18) denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra os acusados de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018.

Na sessão, os ministros vão decidir se Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, Chiquinho Brazão, deputado federal (União-RJ) e o ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro Rivaldo Barbosa se tornarão réus por homicídio e organização criminosa. Eles estão presos desde março em função das investigações sobre o assassinato.

Outros acusados também estão envolvidos e presos. Ronald Paulo de Alves Pereira, conhecido como major Ronald, também foi denunciado pelo homicídio. Segundo a acusação, ele monitorou a rotina da vereadora antes do crime.

Robson Calixto Fonseca, conhecido com Peixe, foi denunciado somente por organização criminosa. Ex-assessor de Domingos Brazão no TCE do Rio, ele é acusado de ter fornecido a arma usada no assassinato.

De acordo com a procuradoria, o assassinato ocorreu a mando dos irmãos Brazão, com a participação de Rivaldo Barbosa,  e motivado para proteger interesses econômicos de milícias e desencorajar atos de oposição política de Marielle, filiada ao PSOL. A base da acusação é a delação premiada do ex-policial Ronnie Lessa, réu confesso da execução dos homicídios.

Rito

O julgamento está previsto para começar às 14h30. O processo será chamado a julgamento pelo presidente do colegiado e relator da denúncia, ministro Alexandre de Moraes. Ele fará a leitura do relatório do processo, documento que resume a tramitação do caso.

Após o término da leitura, Moraes passará a palavra para o representante da  Procuradoria-Geral da República (PGR), que defenderá o recebimento da denúncia.

Em seguida, os advogados subirão à tribuna e terão prazo de uma hora para fazer a defesa dos acusados.

Na sequência, começará a votação. Além de Moraes, vão votar sobre a questão os ministros Cristiano Zanin, Cármen Lúcia, Luiz Fux e Flávio Dino.

Os irmãos Brazão e os demais acusados se tornarão réus pelo homicídio de Marielle se três dos cinco ministros se manifestarem a favor da denúncia da PGR.

Defesas

A denúncia foi liberada para julgamento após o fim do prazo para a defesa dos acusados se manifestar sobre as acusações.

Os advogados de Domingos Brazão defenderam no Supremo a rejeição da denúncia por falta de provas e afirmaram que a Corte não pode julgar o caso em função da presença de um parlamentar nas investigações.

“Os crimes imputados na exordial não possuem qualquer pertinência temática com a função de deputado federal de Francisco Brazão [irmão de Domingos] .Os delitos são todos anteriores ao seu primeiro mandato federal, não havendo o que se falar em competência originária desta Suprema Corte para supervisionar investigação por homicídio, supostamente ordenado por vereador”, afirmou a defesa.

A defesa de Chiquinho Brazão também alegou que as acusações não têm ligação com seu mandato parlamentar e disse que não há provas da ligação dos irmãos com ocupação ilegal de terrenos no Rio de Janeiro.

“Se a execução da vereadora Marielle tinha por finalidade viabilizar a construção do empreendimento, chama a atenção o fato de jamais ter existido qualquer movimento nesse sentido ao longo de seis anos”, completou a defesa.

A defesa de Rivaldo Barbosa defendeu a rejeição da denúncia e disse que o ex-chefe da Polícia Civil não tem qualquer ligação com o homicídio.

“Rivaldo Barbosa foi nomeado chefe de polícia durante o período de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, tendo sido escolhido por sua competência, sem qualquer interferência de políticos ou autoridades públicas daquele estado, não havendo que se cogitar qualquer tipo de vinculação de seu nome a contraventores ou aos supostos mandantes dos homicídios em questão”, afirmaram os advogados.

A defesa de Robson Calixto destacou que o acusado não foi denunciado pela morte de Marielle e não figurou como investigado no caso.

“O acusado foi alvo de duas buscas e apreensões e foi denunciado a partir da delação premiada de Ronnie Lessa, que afirmou que ele teria fornecido a arma para a prática do homicídio contra Marielle. Porém, o próprio Ministério Público afirmou na cota à denúncia que não há elementos capazes de corroborar as palavras do colaborador Ronnie Lessa”, afirmou a defesa.

O advogado de Ronald Pereira disse que não há provas para a aceitação da denúncia. Para a defesa, o acordo de delação de Ronnie Lessa deve ser anulado por não haver provas de que Ronaldo estaria monitorando a rotina da vereadora.

“No dia e horário em que Ronald estaria monitorando Marielle, segundo a tese ministerial, na verdade ele se encontrava na aula inaugural do curso superior de Polícia Militar do quadro de oficiais policiais militares, no Centro Integrado de Comando e Controle da Polícia Militar do estado do Rio, com dezenas de autoridades, entre as quais o interventor general Richard Nunes”, completou

Agência Brasil

Com pontapé Inicial do prefeito Tom campeonato de futebol inicia com vitória do França

Na tarde deste sábado (15/06), sob um clima chuvoso e frio, o Estádio O Batistão foi palco da abertura da 5ª Edição do Campeonato Aguabranquense de Futebol 2024. O evento, promovido pelo Governo de Água Branca por meio da Diretoria de Esportes, contou com a presença dos representantes das 22 equipes que disputarão o título este ano, proporcionando um início emocionante para a competição.

As crianças com banners representando cada uma das 22 equipes deram um toque especial à cerimônia de abertura, criando uma atmosfera de união e entusiasmo. O pontapé inicial foi dado pelo prefeito Tom, que marcou oficialmente o começo do campeonato.

No primeiro jogo da competição, o União Master enfrentou a equipe da França. Em uma partida disputada, Efrem José, camisa 07 da França, marcou o gol que garantiu a vitória por 1 a 0.

A competição teve início neste sábado (15), e a final está prevista para o dia 22 de setembro, com jogos programados para os sábados e domingos, prometendo semanas de muita emoção e futebol para os amantes do esporte na região.

A organização do campeonato está a cargo de Welton Louredo, que tem se dedicado para garantir o sucesso do evento. A coordenação da arbitragem está sob a responsabilidade de Junior Ferreira, enquanto Orlando Ginu assume a narração das partidas. Kalyne Ferreira atua como mesária, Zé Neide como comentarista, e Reyvam e Genilson Gomes desempenham os papéis de narradores e comentaristas.

Princesa Isabel sedia mais uma plenária do Orçamento Democrático Estadual

Princesa Isabel foi palco de mais um plenária do Orçamento Democrático Estadual nesta sexta-feira (14). O prefeito Ricardo Pereira, ao lado do Deputado Estadual Hervázio Bezerra, do presidente da Câmara Ednaldo de Melo, demais vereadores e secretários, recebeu o Governador João Azevedo e toda sua comitiva para o evento.
Durante o dia, visitaram importantes obras, como o Aeródromo Brigadeiro Pedro Frazão, a nova escola Carlos Alberto Medeiros Duarte Sobreira, as 50 Casas Populares em construção e o Hospital Regional Deputado José Pereira Lima.

No início da noite, a plenária aconteceu na quadra da escola Carlos Alberto, com a participação também do vice-governador da Paraíba Lucas Ribeiro, onde foram entregues diversos benefícios para a região, como a ordem de licitação para pavimentação e drenagem de diversas ruas e custeio do HRPI.

João Azevêdo ainda assinou convênio com a Prefeitura de Princesa Isabel para a pavimentação de travessias urbanas da cidade, no valor de R$ 3,7 milhões; construção do balizamento do aeródromo; adutora do Campus do IFPB; reforma de duas escolas; assistência técnica à agricultores da região para a elaboração de créditos rurais; destinou créditos, por meio do Programa Empreender PB e entregou, simbolicamente, passagens molhadas e dessalinizadores.

À Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros da região foram entregues, também simbolicamente, viaturas, armamentos e equipamentos de segurança, totalizando mais de R$ 800 mil em investimentos.

ASCOM/PMPI

João Azevêdo inspeciona obras de educação, habitação e infraestrutura com investimentos de R$ 87,5 milhões em Princesa Isabel e Tavares

O governador João Azevêdo esteve, nesta sexta-feira (14), nos municípios de Princesa Isabel e Tavares, no Sertão da Paraíba, ocasião em que inspecionou obras de infraestrutura, habitação e educação que totalizam investimentos de R$ 87,5 milhões.

Em Princesa Isabel, o chefe do Executivo estadual inspecionou as obras de pavimentação asfáltica do aeródromo Major-Brigadeiro Pedro Frazão de Medeiros, localizado no distrito de Lagoa da Cruz. A obra recebe investimentos de aproximadamente R$ 1,6 milhão.

“Esse aeródromo faz parte de uma grande rede que o estado tem para fazer com que todas as regiões possam receber voos da aviação civil, mas, principalmente, para ser base do Coração Paraibano, considerando que temos duas UTIs aéreas para fazer resgates rápidos. A pista está pronta, totalmente sinalizada e estamos aguardando apenas a homologação da Anac para uso da população de toda a região, facilitando o deslocamento e fortalecendo as atividades econômicas”, frisou o chefe do Executivo estadual.

No município, ele também visitou as obras de construção de uma escola municipal de 12 salas de aula, resultado de convênio com a Prefeitura no valor de R$ 5,3 milhões. Ainda em Princesa Isabel, o gestor acompanhou as obras de construção de 50 casas pelo programa Parceiros da Habitação, onde estão sendo investidos R$ 2,6 milhões. As unidades habitacionais possuem 44 m² de área construída e são compostas de sala, dois quartos, cozinha, área de serviço e banheiro.

“Nós estamos levando melhoria da qualidade de vida para a população com a realização de políticas públicas de inclusão, que chegam a todos os municípios, e a casa própria não é apenas uma obra, mas representa segurança para as famílias”, acrescentou João Azevêdo.

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, agradeceu ao governador João Azevêdo pelos importantes investimentos e parcerias com o município. “Nós temos um governador municipalista, que atende as demandas da nossa cidade e, por isso, temos vivido o maior ciclo de desenvolvimento da nossa história e somos gratos pelo olhar atencioso com a nossa população e pelas ações nas mais diversas áreas, que tem elevado a autoestima do nosso povo e proporcionado qualidade e eficiência nos serviços públicos”, sustentou.

Tavares – João Azevêdo também esteve em Tavares, oportunidade em que inspecionou a implantação e pavimentação da PB-356, que liga o município até o entroncamento da PB-354 em Nova Olinda. A obra recebe investimentos de R$ 78 milhões de recursos próprios do estado e tem uma extensão de 33,1 Km, contemplando ainda os municípios de Pedra Branca e Santana dos Garrotes.

Dentre os serviços realizados no local estão a construção de quatro pontes, sendo duas com comprimentos de 40 metros e as demais com 80 metros e 60 metros, cada, além de sistema de drenagem profunda e superficial, cercas delimitadoras da faixa de domínio, recuperação de áreas degradadas, aplicação de defensa metálica e sinalização horizontal e vertical.

As obras irão integrar as regiões da Serra do Teixeira e do Vale do Piancó, reduzir  o custo dos transportes e facilitar o escoamento da produção econômica regional.

O governador João Azevêdo destacou a satisfação de acompanhar as ações do governo nos municípios. “Nós temos obras e políticas públicas em toda a Paraíba e vamos continuar ampliando os serviços, atendendo os pleitos para melhorar a vida das pessoas com ações de inclusão e cuidado com as pessoas”, salientou.

O prefeito de Tavares, Coco de Odálio, elencou diversas ações do governo e agradeceu a João Azevêdo pelo compromisso com a população. “Nós temos o governador que mais fez pelo nosso município. São obras como a estrada de Tavares a Nova Olinda, com quase R$ 80 milhões de investimentos, além de construção de escola com seis salas de aula, quadra poliesportiva, creche, praça e ainda  o programa Tá na Mesa e convênio para manutenção do hospital, por isso, somos só gratidão”, afirmou.

O deputado estadual Hervázio Bezerra; prefeitos e vereadores da região; o secretário da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga; a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura; e a secretária executiva da Mulher e da Diversidade Humana, Cristiana Almeida, acompanharam as agendas de visitas às obras.

Secom/PB

ODE 2024: João entrega, autoriza obras e ouve prioridades da população de Princesa e região

A 11ª audiência do Orçamento Democrático Estadual aconteceu na noite desta sexta-feira (14), na cidade de Princesa Isabel, sede da 11ª região geoadministrativa, com a presença do governador João Azevêdo e toda comitiva de governo. Na ocasião, o gestor fez entrega de benefícios para a região que somam mais de R$ 24,4 milhões, assinou ordens de serviços, inaugurou obras e dialogou com a população. A audiência aconteceu no ginásio da Escola Municipal Carlos Alberto Medeiros e reuniu quase 3.500 pessoas.

Agricultura familiar, estradas/mobilidade e abastecimento de água foram as prioridades eleitas para compor as peças orçamentárias do próximo ano na região.

O governador João Azevêdo abriu a plenária com entrega de benefícios para toda a região de Princesa Isabel,  entre elas, a ordem de licitação para pavimentação e drenagem de diversas ruas, no valor de R$ 7 milhões; custeio do hospital municipal de Princesa Isabel, no valor de R$ 4,2 milhões; convênios com os municípios de Juru, Imaculada, Princesa Isabel e Tavares também no valor de R$ 4,2 milhões.

João Azevêdo ainda assinou convênio com a Prefeitura de Princesa Isabel para a pavimentação de travessias urbanas da cidade, no valor de R$ 3,7 milhões; construção do balizamento do aeródromo de Princesa Isabel; adutora do Campus do IFPB; reforma de duas escolas; assistência técnica à agricultores da região para a elaboração de créditos rurais; destinou créditos, por meio do Programa Empreender PB; entregou, simbolicamente, passagens molhadas e dessalinizadores.

O chefe do executivo ainda entregou, simbolicamente, à Polícia Militar e ao Corpo de Bombeiros da região, viaturas, armamentos, equipamentos de segurança, cujos investimentos totalizam mais de R$ 800 mil.

O gestor paraibano disse que é sempre uma honra voltar à cidade de Princesa Isabel para dialogar com a população. “Que bom estarmos aqui nessa plenária maravilhosa, para que possamos ouvir, entender e aprender com os anseios, demandas e pleitos da população, para que possamos priorizar e incluir no orçamento do ano seguinte os sonhos de cada pessoa. É uma alegria estar aqui na região da Serra onde passamos o dia entregando e visitando obras importantes, como estradas, escolas e habitação. Esse é um governo que tem obras e ações em toda a região. É bom visitar os municípios e entender verdadeiramente o nosso papel. Nosso governo trabalha em harmonia e com respeito com os outros poderes públicos e isso é de fundamental importância para o desenvolvimento da nossa Paraíba. É impossível realizar políticas públicas sem, inclusive, a parceria dos municípios”, enfatizou João Azevêdo ao abrir a plenária, agradecendo a presença de todas as pessoas, assim como de toda a equipe de governo.

O gestor ainda falou sobre os investimentos na região e apresentou dados. “Mais de R$ 300 milhões já foram e estão sendo ainda investidos aqui na região de Princesa Isabel, de 2019 até hoje, melhorando a qualidade de vida das pessoas. O momento mais importante aqui é a fala de cada pessoa e as escolhas que elas fazem aqui na votação das prioridades”, finalizou o governador.

“O secretário executivo do Orçamento Democrático Estadual, Júnior Caroé, agradeceu a presença de todas as pessoas. “Para nós que fazemos o Governo da Paraíba é uma honra estarmos aqui para mais uma rodada de democracia participativa.  A gente se planeja ouvindo a nossa gente. Nossos agradecimentos a cada pessoa que saiu de casa e veio dialogar com o governo, com o objetivo de mudar a realidade da região e melhorar a vida de toda a região”, disse Caroé, agradecendo, inclusive, a presença dos conselheiros do Orçamento Democrático.

O prefeito da cidade de Princesa Isabel, Ricardo Pereira, falou sobre a importância da parceria entre a Prefeitura e o Governo da Paraíba. “Queria agradecer a todo o governo e ao governador João Azevêdo por toda a parceria e benefícios recebidos nos últimos anos na nossa região. Esse é um  Governo que tem obras, que ouve e executa o pedido da população. É uma honra estar recebendo o governador e todo o governo aqui na nossa cidade e região. Um governo municipalista e que representa todos nós”, afirmou o anfitrião.

O deputado estadual Hervázio Bezerra expressou sua satisfação pela visita da comitiva do governador João Azevêdo: “Nossa região da Serra do Teixeira abraça esse dia e todo o governo da Paraíba. Dizer que hoje aqui só ouvimos falar em milhões em entregas feitas pelo governador. Princesa Isabel conseguiu resgatar a própria autoestima com a assimilação do Governo da Paraíba, que sabe investir e tem uma equipe qualificada para isso. O governo sabe, inclusive, valorizar os jovens. Aqui o meu respeito. Esse é um governo preparado”.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, por sua vez, falou sobre a satisfação e importância da realização das audiências do ODE. “É um prazer e alegria estar vivendo esse momento da democracia paraibana. O povo de Princesa Isabel está agradecido por tantos investimentos feitos pelo governo aqui e em toda a região”, ressaltou o presidente da Casa Legislativa.

Entre as falas de reivindicações da noite, a moradora e conselheira do Orçamento Democrático, da cidade de Princesa Isabel, Fabiana Pereira, falou em nome da comunidade. “Sou conselheira do ODE e represento muitas pessoas que não puderam estar presentes.  Venho pedir por um leito de Unidade de Terapia Intensiva para o hospital de Princesa Isabel, assim como  a construção de um novo manancial, um açude, que vai garantir segurança hídrica para toda a região, e por último, um condomínio do Cidade Madura. Saio daqui feliz, na certeza da realização dos nossos pedidos”, disse a conselheira.

Já Vitória Régia, da cidade de Água Branca, representou a comunidade estudantil da cidade. “Viemos pedir pela agilidade na ampliação e reforma das nossas duas unidades de ensino de Água Branca, e o outro pedido é a terraplanagem de acesso aos povoados de Alagoinha e Bom Jesus que interligam todos os demais sítios”, reivindicou a moradora.

Também participaram desta audiência o vice-governador Lucas Ribeiro; o secretário de estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, Gilmar Martins; a secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Lidia Moura; o secretário de Estado da Administração, Tibério Limeira; o secretário de Estado da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Deusdete Queiroga; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca, além de prefeitos da região, vereadores, demais auxiliares e técnicos do governo.

Votação das prioridades

A votação das prioridades continua no site votacaoode.pv.gov.br, onde a pessoa pode escolher até três ações, obras e/ou serviços que gostaria que fossem implementadas em suas respectivas regiões. Ao se cadastrar, também haverá a opção de se inscrever no programa “Nota Cidadã” e concorrer a prêmios.

Próxima audiência – A próxima audiência acontece neste sábado (15), a partir das 16h, na cidade de Itaporanga (7ª região), no ginásio da Escola Técnica Estadual. Secom/PB