Destaque

Padrasto que engravidou enteada é preso suspeito de tentar estuprar mesma vítima

A Polícia Civil através do GTE (Grupo Tático Especial), de...
Leia mais
Destaque

Lula afirma que PL que equipara aborto a homicídio é uma ‘insanidade’

Após dias de silêncio, o presidente Luiz Inácio Lula da...
Leia mais
Destaque

Prefeitura de Boa Ventura divulga nota sobre auditoria do TCE no município que arrombou cofre

A Prefeitura de Boa Ventura (PB) divulgou uma nota de...
Leia mais
Destaque

Supremo julga nesta semana denúncia do caso Marielle

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar...
Leia mais

Hospital de Patos divulga resultado de perícia técnica sobre morte de profissional que estava de plantão na unidade e emite Nota de Pesar

Na manhã desta segunda-feira, dia 29 de abril, a direção do Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, em Patos, divulgou o resultado da perícia técnica realizada no local, acerca da morte da técnica de enfermagem Josefa Adriana Veras da Silva, de 42 anos, que estava de plantão na noite de ontem (28) e foi encontrada sem vida dentro da unidade.

De acordo com informações apuradas pelo Patosonline.com junto ao hospital, Adriana estava de plantão na unidade e havia participado de uma cirurgia, comunicando aos colegas logo após que iria para a sala de repouso em seu horário de descanso, no entanto, demorou a retornar. Por volta das 20h, quando a equipe foi chamá-la para participar de um novo procedimento no bloco cirúrgico encontraram a técnica já sem os sinais vitais.

Conforme nota enviada pela assessoria de imprensa, a perícia técnica feita no local onde o corpo de Adriana foi encontrado, realizada pela Polícia Civil e equipe médica da unidade, constatou que não havia sinais de agressões externas e que a morte se deu em decorrência de uma autoadministração intravenosa do medicamento Rocurônio, um agente bloqueador neuromuscular indicado como complemento à anestesia geral e que é utilizado em cirurgias.

Adriana era natural de Carnaíba, município localizado na microrregião do Pajeú, estado de Pernambuco, e trabalhava como funcionária efetiva do Hospital Regional de Patos há cerca de 15 anos. Além disso, também servidora pública efetiva do Município de Patos, onde atuava em uma Unidade Básica de Saúde. Ela deixa três filhos, um homem e duas mulheres. 

Confira abaixo a Nota de Pesar emitida pela direção do Complexo Hospitalar Regional de Patos:

É com grande pesar que a diretoria e funcionários do Hospital Regional de Patos se despedem da Técnica de Enfermagem, Josefa Adriana Veras da Silva, que na noite deste domingo (28) faleceu na unidade, durante seu plantão.
A perícia técnica feita no local, onde o corpo de Adriana foi encontrado, realizada  pela polícia e equipe médica da unidade constatou que não havia sinais de agressões externas e que o que houve foi uma autoadministração intravenosa do medicamento Rocurônio, um neurobloqueador, que é usado em cirurgias.
Adriana era funcionária efetiva há 15 anos e sempre foi uma profissional exemplar, cumpridora de suas funções, responsável no trato com os pacientes e uma colega querida por todos. Estamos consternados com essa situação, mas muito gratos por tê-la tido como colega de trabalho e amiga por todos esses anos.
Aos familiares, com especial deferência seus filhos, nossos mais sinceros desejos de que permaneça na memória as lembranças boas e positivas da convivência com Adriana.

Patos, 29 de Abril de 2024
Direção Geral, Técnica e Administrativa do Complexo Hospitalar Regional Deputado Jandhuy Carneiro de Patos (CHRDJC)

Velório e Sepultamento 
Após a liberação do seu corpo pelo Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL), haverá velório no espaço da Master Digna, em frente à Câmara Municipal de Patos, no Bairro Belo Horizonte, em Patos. Já o sepultamento acontecerá na cidade de Princesa Isabel. 

Patos Online

Deixe um comentário